Sancionada Lei da Câmara de SP com medidas sociais e de saúde contra o coronavírus

Mantida condenação por hospital não informar a paciente riscos de cirurgia
Mantida condenação por hospital não informar a paciente riscos de cirurgia
17 de maio de 2020
Planos de Saúde
Lei dos Planos de Saúde deve ser aplicada aos planos geridos por pessoas jurídicas de direito público
17 de maio de 2020
EPI

EPI

Foi sancionada nesta sexta-feira (1/5) a Lei aprovada pela Câmara Municipal de São Paulo com novas medidas de proteção da saúde pública e de assistência social. A Lei 17.340/2020, de autoria coletiva dos vereadores, foi sancionada pelo prefeito Bruno Covas, publicada no Diário Oficial do Município e já está em vigor.

A Lei prevê uma série de medidas no enfrentamento da pandemia, entre elas:

– Autorização para o Executivo requerer leitos hospitalares da rede privada;

– Autorização para o poder público disponibilizar leitos de hotéis a profissionais de saúde, moradores em situação de rua e mulheres vítimas de violência;

– Obrigatoriedade de estabelecimentos comerciais disponibilizarem álcool em gel aos frequentadores e equipamentos de proteção aos funcionários;

– Reserva da primeira hora dos estabelecimentos para atendimento a pessoas com mais de 60 anos de idade;

– Ações de emergência da Secretaria da Cultura para apoiar artistas impactados pela pandemia;

– Obrigatoriedade de fornecimento de EPIs para profissionais de saúde, de segurança pública e do serviço funerário;

– Medidas que o poder público deve adotar para garantir assistência à população vulnerável para assegurar alimentos, saúde e prevenção da violência doméstica;

– Prorrogação de prazos de validade de alvarás e suspensão de prazos de concursos públicos;

Fonte: Governo de São Paulo

× Converse pelo WhatsApp Available from 08:00 to 18:00