Produtividade – Cremesp institui câmaras extras e acelera realização de julgamentos

Juízes já podem acessar serviço de teleconsultoria em ações judiciais
Juízes já podem acessar serviço de teleconsultoria em ações judiciais
27 de agosto de 2019
Direitos Pets
4 direitos garantidos aos donos de pets
27 de agosto de 2019
Produtividade

Produtividade

Cremesp institui câmaras extras e acelera realização de julgamentos

A atual gestão do Cremesp tem redobrado esforços para reduzir o tempo de espera por julgamento em processos ético-profissionais, tanto por parte do denunciante como do profissional denunciado.O tempo médio atual de duração de um processo, contando da data de abertura até o seu arquivamento é de, aproximadamente, cinco anos.

Para enfrentar esse desafio, o Conselho tem instituído câmaras extras de julgamento, visando conferir maior celeridade à definição das responsabilidades éticas. Acrescidas às câmaras já existentes, as sessões extras de julgamento são realizadas às quintas-feiras, sextas-feiras e também aos sábados –, o que vem propiciando um aumento significativo no número de processos julgados nos últimos meses.

De todos os processos em andamento no Conselho à época da posse da atual gestão, em outubro de 2018, 1.031 ainda aguardavam julgamento, já com a instrução finalizada.

Com o aumento no número de câmaras de julgamento, a partir do mês de janeiro até julho de 2019, 371 processos puderam ser julgados, quantidade 21% superior aos realizados no mesmo período de 2018.

Apesar do acréscimo de 239 novos processos, que tiveram a instrução finalizada e ingressaram na fila para serem julgados, o esforço empreendido pelas câmaras foi suficiente para reduzir o total de processos aguardando julgamento para 860, até 31 de julho deste ano.

Embora ainda expressivo, a expectativa é que o número de processos à espera de julgamento seja reduzido progressivamente. Isso pode ser aferido mais detalhadamente a partir dos resultados obtidos até o momento, com a instalação das câmaras extras.

Em maio deste ano, por exemplo, foram julgados 66 processos, enquanto no mesmo mês de 2018, foram realizados 39 julgamentos, o que representa uma produtividade 70% superior. Em junho esse percentual foi 56% maior; e em julho,38%.

“Existe uma curva nítida ascendente no número de julgamentos realizados, o que reflete nossa disposição em aperfeiçoar cada dia mais a função judicante do Conselho”, afirmou o conselheiro corregedor da Seção de Processos Ético-Profissionais do Cremesp, Rodrigo Costa Aloe.

“Com a criação das câmaras extras de julgamento – e a disposição da atual gestão em dar uma resposta mais ágil às demandas dos médicos e da sociedade – conseguimos aumentar o número de julgamentos e reduzir, de forma efetiva, o de processos aguardando na fila”, observa Aloe. “Ao diminuir o tempo de espera para o julgamento, reduz-se a angústia e ansiedade de ambas as partes, que muitas vezes já é punitiva, mesmo para os não-culpados”, acrescentou o corregedor.

Fonte: CREMESP
× Converse pelo WhatsApp