Fórum do CFM vai debater a assistência obstétrica no Brasil

Anticoncepcional: só com prescrição médica
15 de agosto de 2016
Cremesp questiona planos de saúde “acessíveis”
15 de agosto de 2016

15/08/2016

No momento em que se discute temas como a autonomia da mulher e o tempo adequado para a realização do parto, o Conselho Federal de Medicina (CFM) promoverá no dia 30 de agosto, em Brasília, o fórum “Assistência Obstétrica no Brasil: aspectos atuais”, destinado a estudantes de medicina e médicos, especialmente das especialidades ginecologia e obstetrícia e pediatria.

Após a abertura, que contará com os presidentes do CFM, da Associação Médica Brasileira (AMB) e da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), será realizada, às 9h, a mesa redonda “Doenças infecciosas na gestação: análise crítica da situação no Brasil”, que debaterá a sífilis, a H1N1 e a zika. Os palestrantes serão, respectivamente, os médicos Mauro Romero Leal Passos, do Departamento de Microbiologia e Parasitologia da Universidade Federal Fluminense; Renato Augusto Moreira de Sá, coordenador da Associação de Ginecologia e Obstetrícia e Maria Luiza Menezes, coordenadora do Serviço de Assistência Especializada em DST/Aids Materno-infantil da Universidade de Pernambuco.

Em seguida, será realizada a mesa redonda “Assistência ao Parto no Brasil”, que terá como palestrantes o médico Roberto Magliano, da Câmara Técnica de Ginecologia e Obstetrícia – Núcleo Parto Normal do CFM, que falará sobre “As novas propostas para o SUS”; a diretora de Desenvolvimento Setorial da Agência Nacional de Saúde (ANS), Martha Oliveira, responsável por falar sobre o “Projeto Adequado”; em seguida, o professor de ginecologia e obstetrícia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Geraldo Duarte falará sobre “O futuro da obstetrícia”.

No horário da tarde, a primeira mesa redonda “Valorização Profissional” vai debater o “Plano de Parto: aplicabilidade”, que terá como palestrante Jorge Francisco Kuhn dos Santos, professor assistente do Departamento de Obstetrícia da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo. O coordenador de ensino e avaliação da Febrasgo, Renato Passini Junior, falará sobre “O obstetra e a ambiência hospitalar”. A última palestra abordará a atuação do especialista, tendo como tema “Obstetrícia: especialidade gratificante”, proferida pela obstetra Liduína de Albuquerque Rocha.

Fonte: CFM

× Converse pelo WhatsApp Available from 08:00 to 18:00