Os melhores e os piores planos de saúde de 2014

Plano é condenado por se recusar a cobrir despesas de transplante
19 de novembro de 2014
Cliente de plano de saúde será indenizado R$ 20 mil por ter pedido de exame negado
4 de dezembro de 2014

21/11/2014

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou, na quarta-feira (19), o Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS) 2014, com base nos dados do ano de 2013. O indicador é conhecido como a nota das operadoras de planos de saúde.

O índice divulgado anualmente pela agência confere notas aos planos ativos e com beneficiários nos 12 meses do ano anterior. Desta vez, os três planos mais bem avaliados foram a Unimed BH, a Unimed Cooperativa Vales do Rio Taquari e Rio Pardo e a Unimed Campo Grande.

O IDSS deste ano revela que 82,5% dos beneficiários estão em operadoras com desempenho bom ou muito bom. E as melhores avaliadas representam  66,7% do volume total.

Pouco mais de 11% das operadoras, que atendem 1 milhão de usuários, ficaram nas faixas piores de avaliação e foram consideradas ruins ou muito ruins.
O índice varia de zero a um, abrangendo a soma dos diversos indicadores para a avaliação global do setor. As operadoras são classificadas em muito ruim (zero a 0,19), ruim (0,20 a 0,39), regular (0,40 a 0,59), bom (0,60 a 0,79) e  muito bom (0,80 a 1,00).

O IDSS considera quatro dimensões, com pesos diferentes na nota: assistencial (peso de 40%), econômico-financeira (peso de 20%), estrutura e operação (peso de 20%) e satisfação do beneficiário (peso de 20%).

As notas de todas as operadoras avaliadas, pequenas, médias e grandes, podem ser consultadas no site da ANS.

Veja nas tabelas a seguir como foram avaliadas as operadoras de saúde médico-hospitalares consideradas de grande porte pela ANS. Nenhuma delas ficou nas faixas consideradas ruim ou muito ruim. Raio X do setor.

Além do IDSS, foram divulgados pela primeira vez os Dados Integrados da Qualidade Setorial, um raio X do setor, segundo a ANS. Os dados têm o objetivo de fornecer subsídios aos consumidores para que eles façam uma escolha mais consciente sobre os planos de saúde.

O novo conteúdo é divulgado no formato de um painel que reúne informações sobre a qualidade das empresas e dos serviços que elas prestam, como o percentual de beneficiários que têm ao seu dispor hospitais com o certificado de Acreditação; índice de operadoras em dia com o ressarcimento ao SUS; e quantidade de planos individuais e coletivos em comercialização.

Fonte: Exame

 

 

× Converse pelo WhatsApp Available from 08:00 to 18:00