Saúde libera R$ 11,8 mil para combate à hanseníase

Brasil adotou licença compulsória para combate à Aids
9 de junho de 2014
Registro de genéricos para hiperatividade é mantido
10 de junho de 2014

09/06/2014

Todos os estados brasileiros receberão recursos para ações da Campanha Nacional de Hanseníase, Verminoses e Tracoma.

O Ministério da Saúde acaba de autorizar o repasse de R$ 11,8 milhões para a Campanha Nacional de Hanseníase, Verminoses e Tracoma 2014 de todo o País. A portaria no Diário Oficial da União desta segunda-feira (9).

A campanha visa identificar os casos de hanseníase, por meio de inquérito em escolas com sinais e sintomas da doença, e disponibilizar os tratamentos necessários.

 

Tratamento

O Sistema Único de Saúde (SUS) disponibiliza medicamentos gratuitamente e treina os profissionais de saúde para o atendimento das pessoas que vivem com a doença. A hanseníase é transmitida de pessoa para pessoa por quem tem contato muito próximo e prolongado com o doente, dentro do núcleo familiar ou da comunidade em que vive. Geralmente, não é transmitida dentro de um ônibus ou num local público. A hanseníase tem cura, mas pode causar incapacidades físicas se o diagnóstico for tardio. O tratamento é gratuito e eficaz, com duração média de seis meses a um ano.

O Ministério da Saúde recomenda que as pessoas procurem o serviço de saúde ao aparecimento de manchas, de qualquer cor, em qualquer parte do corpo, principalmente se essa mancha apresentar diminuição de sensibilidade ao calor e ao toque.

 

Fonte: Portal Brasil, com informações da Imprensa Nacional e do Ministério da Saúde

 

× Converse pelo WhatsApp Available from 08:00 to 18:00