Anvisa discute liberação de substância derivada da maconha

Projeto que obrigava planos de saúde a substituírem profissional descredenciado é derrubado
29 de maio de 2014
Paciente será indenizada por gaze esquecida em seu abdômen durante cesariana
30 de maio de 2014

29/05/2014

O futuro do canabidiol (substância derivada da maconha) no Brasil deve ser definido hoje (29), durante reunião da diretoria colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que começa às 10h. Os diretores devem decidir se a substância passará a integrar a lista de classificação C 1, que permitirá a prescrição e a importação do composto em forma de medicamento.

Nos últimos dias, o assunto da liberação da substância veio à tona, depois que a família da menina Anny Fischer, 6 anos, importou ilegalmente o canabidiol para tratar as convulsões da criança. Segundo os parentes, com o uso, as crises da menina passaram de 80 por semana para apenas três.

 

Fonte: Agência Brasil

× Converse pelo WhatsApp Available from 08:00 to 18:00