Paciente de câncer em SP terá prontuário com dados unificados

Ouvidoria da ANS lança Manual para orientar operadoras
8 de janeiro de 2014
Hospital de SP oferece sobrancelha de henna a pacientes com câncer
8 de janeiro de 2014

06/08/2013 

O Icesp (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octavio Frias de Oliveira) está coordenando uma rede de 71 instituições de tratamento oncológico no Estado e padronizando o atendimento.

Uma das novidades será a adoção de prontuário com informações unificadas e acesso via web. O Projeto, inédito, estará em vigor em 2014.

“A ideia é que a informação vá junto com o paciente. Hoje, se o paciente precisa de um atendimento de emergência, não se sabe quais medicamentos está tomando, por exemplo”, afirma Marisa Madi Coletta, diretora-executiva do Icesp.

A novidade foi anunciada ontem, na entrega do Prêmio Octavio Frias de Oliveira, no Icesp. A láurea leva o nome do publisher da Folha, morto em 2007.

O oncologista Paulo Hoff, diretor do Icesp, afirma que, além de reconhecer o trabalho de jovens pesquisadores, o prêmio fomenta as relações entre as instituições.

Um dos estudos, a partir do qual foi desenvolvido um teste capaz de prever a recidiva do câncer de cabeça e pescoço, envolveu pesquisadores da Unifesp, do A.C. Camargo Cancer Center e do Hospital do Câncer de Barretos.

“Nosso time está muito feliz com o resultado, mas o campeonato contra o câncer é longo e difícil”, disse o líder do trabalho, André Vettore, professor da Unifesp.

O trabalho vencedor na categoria Inovação reuniu pesquisadores da rede Farmabrasilis, da Unicamp e da Universidade Federal do ABC. A médica Silvia Brandalise foi premiada na categoria Personalidade em Destaque.

Fonte: Folha de São Paulo

× Converse pelo WhatsApp Available from 08:00 to 18:00